Syans é o programa de iniciação científica para jovens do ensino médio

Syans é o programa de iniciação científica para jovens do ensino médio

Syans é o exclusivo programa de iniciação científica aplicado no Colégio Carbonell.

 

Idealizado por Willian Girarde, coordenador do programa, o conceito do Syans surgiu em 2012 durante a 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, em São Luís/MA. Ali, estimulado pela quantidade de jovens que apresentavam seus trabalhos científicos, Girarde pensou num programa formal de incentivo à iniciação científica; algo que, desde cedo e antes mesmo dos desafios do ensino superior, pudesse estimular jovens no sentido da construção de conhecimentos científicos de impacto, realmente capazes de impulsionar o mundo avante, ainda que de modo sensível. A título de curiosidade, a palavra Syans significa Ciência; é a variação crioulo-haitiana do verbete derivado do francês.

 

No Colégio Carbonell, jovens ingressam no programa através de um processo seletivo interno onde enfrentam tarefas-teste e entrevista individual. Então, aprovados, participam de orientações individuais periódicas para a confecção de trabalhos científicos e/ou tecnológicos sobre temas de livre escolha, dentro do próprio ambiente escolar. Ao longo do processo, alunos são submetidos a atividades que envolvem componentes da metodologia científica, além de qualificação em banca. Quando finalizados, os trabalhos finais são submetidos a congressos de renome nacional.

 

Desde o início de sua aplicação no Colégio Carbonell, no início de 2013, o Programa Syans de Iniciação Científica já levou 10 alunos a três Reuniões Anuais da SBPC. Na primeira participação, em 2014, 3 alunos viajaram a Rio Branco, no Acre, para apresentar seus trabalhos. Em 2015, São Carlos/SP foi o destino de 4 jovens pesquisadores. Neste ano, mais 4 estudantes viajaram a Porto Seguro, na Bahia, para apresentações na Reunião Anual da SBPC.

Leave a Reply

Your email address will not be published.